Moradia Arq. Álvaro Leite Siza Vieira (Porto)

Segundo Álvaro Leite Siza, esta casa é “o trabalho da sua vida”, levou 12 anos para ser concluído, escolha do local de construção, o desenho da casa, e depois construí-la. O tamanho da casa é quase escultural com suas linhas e ângulos.
“Para fazer arquitetura é necessário um cliente, um promotor. Quando me dei conta, em determinado momento da minha carreira que, para continuar o meu caminho eu precisaria ocupar esse papel também, eu não hesitei. Conciliei objetivos, interesses, metas, e persegui um ideal conseguindo um sonho. Também tinha a necessidade de ser, neste trabalho, supervisor, coordenador e diretor do projeto. Comecei este trabalho em 2004 e terminei no início de 2005. A construção começa em Fevereiro de 2006 e foi concluída em Julho de 2010. O projeto pessoal de casa-atelier é o primeiro onde está presente figuras a tocar o seu próprio ambiente, exaltando peças, personalidades que derivam da história, contra a sensibilidade individual, recriando realidades, sem intenção previamente definido.”
Os espaços de transição, os pórticos, as lâmpadas, a luz, as maçanetas, as portas, os corrimãos, até mesmo algumas pinturas e o mobiliário foi desenhado para mim, mas também outras do século XIX (peças intemporais), que vieram da minha família, encaixam perfeitamente no ambiente, além de outros elementos, complementam a criação de ambientes que exaltam Mozart, Leonardo da Vinci, Miguel Ângelo e rodeado por uma série de obras de arte extraordinárias, que não se limitam ao ambiente de puramente imaginário arquitetónico.”

O projeto desta habitação uni-familiar foi da autoria da arquiteta Juliana Costa em parceria com atelier NoArq.Caracteriza-se por ser uma casa ampla, moderna e minimalista, onde o branco reveste e caracteriza os interiores. A luz é também um elemento de extrema relevância na conformação ...

O nosso website usa cookies. Ao continuar, assumimos sua permissão para a utilização de cookies, conforme detalhado na nossa politica de privacidade.